Archive for the ‘Electronics’ Category

Troublemaker 3D Printer – Montagem Eletrônica – Parte III

18 de dezembro de 2014

Aeeee,

mais um post, aproveitando que esses dias dei uma empolgada com a impressora 3D e o blog tb, até fiz uma página no tal do facebook, então façam o favor de dar um LIKE lá na página hehehehe

http://facebook.com/moraesgyn

LIKE

LIKE

Ok, depois do recado dado, caso você ainda não tenha dado Like, pode parar de ler por aqui… E para vocês que deram joinha lá na página do facebook, vamos a montagem da impressora 3D. Para essa fiação vou utilizar um cabo paralelo vermelho e preto de .75mm para fazer a fiação dos drivers e um cabo IDC de 10 vias e 10 conectores IDC para conectarmos os drivers a placa controladora.

Drivers dos Motores de Passo

Drivers dos Motores de Passo

Coloquei espaçadores sextavados plásticos de 10mm com porcas plásticas em cada um dos 5 drivers de motor de passo ( 3 eixos + 2 extrusoras ).

Drivers no Lugar

Drivers no Lugar

Estou usando motores 17HS8401 da RATTM e seguindo o manual do fabricante, consegui a fiação das bobinas dos motores de passo:

Vermelho: A+
Verde: A-
Azul: B-
Amarelo: B+

Cabeamento da Impressora 3D

Cabeamento da Impressora 3D

Segui o manual dos motores e o manual os drivers, e coloquei tudo no lugar conforme a foto acima, é claro que demorei muito tempo para fazer, porque tudo teve que ser medido e cortado para ficar melhor esteticamente falando. Como podem perceber, nesse ponto ainda não liguei os motores das extrusoras, isso será abordado mais a frente.

Bom, feitos esses passos, achei que era uma boa hora pra testar se tudo estava funcionando e me lembrei que para testar os eixos, deveria primeiro calibrar eles e prender todos parafusos do sistema de movimentação. Para essa tarefa, imprimi 4 espaçadores próprios para essa tarefa.

Espaçadores de Eixos

Espaçadores de Eixos

Fiz a regulagem do X e do Y, como manda o figurino.

Sistema de Movimentação

Sistema de Movimentação

Isso foi bem tranquilo, graças a ferramenta engenhosa disponível no thingiverse e youmagine. Depois disso, removidos os suportes, liguei a máquina e fui mexer pelo LCD mesmo os eixos para Esquerda/Direita/Cima/Baixo, e para minha surpresa, não tinha nada invertido 🙂 Muita SORTE!

Dae resolvi fazer um home e gravar para vocês, e acabar o post de hoje com esse vídeo.

Fiquem de olho nos próximos posts, e não esqueçam de curtir a página do facebook! ( Antisociais que não tem página no facebook serão perdoados )

Antonio Santos

FPV – Limpeza do Óculos de FPV – Fatshark Dominator

14 de dezembro de 2014

Pessoal,

sei que muitas pessoas aqui tem óculos para FPV, e ultimamente senti que a imagem do meu Fatshark Dominator estava meio embaçada, depois de 2 anos utilizando o óculos nos fins de semana. Tomei coragem, assisti uns vídeos no youtube e resolvi arriscar abrir e limpar.

Primeiramente, antes de começar, limpe bem uma superfície de trabalho e use luvas cirúrgicas para esse trabalho.

Fatshark Dominator Aberto

Fatshark Dominator Aberto

Comecei removendo o Botão de ajustes que vai na parte de cima do óculos, depois os parafusos da parte de baixo. Depois é só aplicar um pouco de força e remover a parte de cima por completo.

Fatshark Lentes Sujas

Fatshark Lentes Sujas

Depois tem mais dois parafusos embaixo da placa superior, cuidado para não estragar os flat cables. e vai sair tudo por completo. No momento que vi as lentes superiores, achei que o problema poderia ser somente aqui, removi as lentes e limpei com um produto de limpeza para televisões LCD e uma microfibra limpa.

Lente do LCD Embaçada

Lente do LCD Embaçada

Quando tirei o espelho frontal que vi onde estava o problema de verdade, a lente estava totalmente branca! Peguei um cotonete e passei o limpador de LCD e mandei ver na limpeza.

Lentes do Fatshark Dominator Limpas

Lentes do Fatshark Dominator Limpas

Depois foi só montar tudo novamente e o óculos voltou a ter a nitidez que tinha quando ainda novo! Esse é um faça você mesmo com um nível de stress bem alto, devido a fragilidade e preço dos produtos envolvidos, faça somente se necessário.

Abração!

Antonio Santos

Prusa I3 – Fotos de Impressões

4 de setembro de 2014

Bom pessoal,

estive bastante ocupado com a prusa i3, fiz umas 100 horas de impressão nela, incluindo impressões de 8h e impressões de 20h sem parar. A Prusa i3 se provou uma impressora, com uma velocidade e resolução impressionantes( lembrando que minha máquina já veio com pololus black edition e bico all metal de 1.75mm ). Fiz dezenas de anotações sobre a calibração e até mesmo algumas customizações no firmware do repetier que pretendo dividir com vocês nos próximos dias.

seguem algumas fotos de algumas impressões feitas com a prusa i3 que comprei aqui mesmo em São Paulo:

O Culto ao Moai

O Culto ao Moai

O Moai acima levou 20 horas para ser impresso a 0.1mm de resolução, a qualidade dele é perfeita, não tem detalhes. O material utilizado foi PLA Cinza.

Mini Robos descobrem o fogo

Mini Robos descobrem o fogo

Esses são robozinhos que foram feitos para testes químicos de PLA cinza e preto. Foram feitos com uma resolução de 0.35mm.

Moai em impressão

Moai em impressão

Acima, uma foto do Moai ainda em impressão( perto de 18h de impressão nesse ponto).

Chaveiro impresso em duas cores de PLA

Chaveiro com duas cores, PLA Verde Fluorescente + PLA Preto.

O chaveiro acima ficou lindo, impresso a 0.10mm de resolução, e usando duas cores de PLa, preto na sola dos sapatos e o restante verde.

 

Mini Quad 3d

Mini Quad 3d

E o que não poderia faltar, um Mini quad feito na impressora 3d, já temos 3 desses prontos e estamos atualmente fazendo corridas de mini quads impressos, segue vídeo de uns treinamentos a algumas semanas atrás.

Caso alguém tenha interesse em comprar uma máquina idêntica a que usei nesse post, basta entrar em contato por email com o Rodrigo -> rca.starling [@] gmail [.] com

 

Abração!

Antonio Santos

Colocando Fita de Leds na Prusa I3

30 de julho de 2014

Boa Noite Pessoas!

Conforme prometido, fiz o primeiro upgrade da minha Prusa I3 e documentei tudo pra vocês!

PLA Radioativo

Plástico PLA Verde Fluorescente com Leds Azuis.

 

 

Você vai precisar de:

– 1 Prusa i3, com mesa aquecida de 12v * ( caso seu modelo tenha 24v, não utilize esse tutorial )

– Fitas de LED coloridas a gosto

– Tesoura, estanho, ferro de solda, fio paralelo fino, multimetro e termo-retrátil.

o Primeiro Lugar que coloquei leds foi na mesa aquecida, Vermelhos é Claro! E coloquei na alimentação da mesa aquecida, assim, ela liga somente quando a mesa aquecida estiver ativa, e é um bom lembrete de que a mesa está quente!

Desmonte a mesa aquecida, e encontre o positivo e negativo da alimentação da sua mesa, com a ajuda de um multimetro, e marque com uma caneta e já solde um conector de sua preferência ( usei Conectores JST vermelhos de aeromodelismo ).

conector na alimentacao

Positivo e Negativo Marcados em Verde – Clique para dar zoom.

Agora vamos ao suporte da mesa aquecida, verifique o tamanho e a distribuição das fitas de led, e corte nas linhas demarcadas com uma tesoura.

mesa desmontada

Encontre a melhor distribuição no suporte em X – Parte de baixo da mesa.

Solde os positivos e negativos da fita de led nos fios paralelos e use um pedaço de termo retrátil para acabamento.

Solda Fita de Led

Solda do fio na fita de led em detalhes.

Remova a proteção do adesivo na parte de trás da fita e cole de acordo com seu layout.

Soldando a cadeia de fitas

Respeite sempre o Negativo e o Positivo e vá ligando uma fita a outra e lembre de deixar uma fita com o conector para ligar na alimentação.

Depois de tudo soldado, você deve ter algo parecido com o layout abaixo, agora basta ligar os conectores e montar a mesa novamente.

Soldagem finalizada

Leds devidamente soldados.

Caso, algum ramo não acenda, não se preocupe, basta inverter os fios daquele ramo, leds não queimarão se ligados invertidos. Se você tiver uma prusa de acrílico, pode colocar uns leds no topo dela também, basta cortar uma fita longa o suficiente e pegar alimentação de 12V diretamente da fonte.

Dupla Face em cima da Prusa

Cole a fita no topo da Prusa com a ajuda de fita dupla face 3M

Coloquei Leds Azuis no topo da minha Prusa I3, segue foto do teste final.

Teste dos Leds

Teste final do upgrade de leds.

 

Bom, chegamos ao fim desse tutorial simples que deixa sua máquina com um visual fantástico.

Abraço e até o próximo!

-Antonio Santos

Makerbot – Trocando os drivers originais por Pololu – John Yang 4 Axis Controller

24 de outubro de 2011

Olá pessoal,

me desculpem por não estar postando, e também por não estar respondendo as perguntas, mas há periodos na vida onde os hobbies são deixados de lado por algum tempo, e estou exatamente em um desses períodos, que espero que acabe logo.

Vamos ao post de hoje, a muito tempo queria trocar os drivers originais da makerbot por drivers da pololu, muita gente já fez isso com todas as versões de hardware já lançadas pela makerbot, e todos dizem a mesma coisa, microstepping de 1/16 deixa a máquina mais precisa e silenciosa, alguns dizem que a Makerbot vira a Ninja Bot, porque fica super silenciosa. Já uso um pololu na Extruder a muito tempo, e os drivers são bem superiores aos originais, porém muitos devem estar se perguntando porque a makerbot não migra para esses drivers, e a resposta é bem simples, o custo desses drivers é muito superior aos drivers originais da makerbot.

A muito tentava entrar em contato com o John Yang, um americano que criou um pcb para essa conversão, mas por algum problema no servidor de email dele. Bom, depois de quase 6 meses tentando, consegui comprar um kit dele, e tenho duas notícias uma boa e outra ruim, devido a falta de fluxo das placas, ele vai parar de produzir os kits, eu comprei a ultima placa, a notícia boa é que opensource, e alguém tiver vontade de fazer ou modificar, seguem links abaixo. Vale a pena ressaltar que essa placa é compatível com todas as versões de hardware da makerbot, o que mudou foi somente o conector.

http://www.johnyang.com/p4ac

http://www.thingiverse.com/thing:4861

Vamos a montagem:

Todos componentes acima vem no kit, inclusive o cabo compatível com as duas versões de hardware da makerbot.

O cabo seria a parte mais complicada de fazer, mas o John já manda pronto e identificado.

Acima está uma foto de perto da placa do John, muito bem feita a placa com silk e tudo.


Acima está a placa pronta pra soldar, quanto mais acessórios pra soldar, mais fácil fica o trabalho.

Demorei um tempinho pra soldar porque são muitos pontos de solda.

Vista inferior da Placa soldada.

E por fim a placa pronta, somente aguardando os pololus que devem chegar daqui umas 2 semanas.

Assim que tiver com tudo instalado faço um vídeo do antes e o depois e faço um post aqui. Esse não é um upgrade barato, mas todos que fizeram falam a mesma coisa, que a máquina ficou beeeeem melhor!

Abraço a todos,

Antonio Santos

Electronics – Arduino Uno

28 de setembro de 2010

Olá!

eis que sai o tão esperado lançamento da série de arduinos. Confesso que esperava mais, a única modificação expressiva foi a troca do chip FTDI USB pelo Atmega8U2.

Abraços,

Antonio Santos

Eletrônica – Analisador Lógico – Saleae Logic

24 de agosto de 2010

Olá a todos!

Hoje vou mostrar um novo produto muito util para todos que criam projetos eletrônicos, os analisadores lógicos, eles estão por aí a muito tempo, mas o custo de um analisador lógico era absurdo, até agora. Escolhi o Logic da Saleae por causa de diversos aspectos que irei abordar nesse post.

Mas em síntese esse pequeno gigante, é uma poderosa ferramenta para todos os hobbistas e até mesmo empresas do ramo de eletrônica, se você está tendo um problema para interfacear qualquer chip, usando os protocolos mais comuns como I2C, SPI, Serial entre outros. Além de mostrar o sinal digital ele decofica os caracteres, coisa que a maioria dos osciloscópios não conseguem fazer.

Aqui vai a lista de algumas das melhores coisas do Logic:

– Baixo custo, 150 dolares.
– Capacidade de armazenamento de até 500M samples com velocidades de até 24MB/s.
– Design fabuloso feito em alumínio anodizado.
– Tamanho reduzido, você pode levar com você para todos os lugares 4,1 x 4,1 x 0.9 cm.
– Cabos curtos e super flexíveis.
– Pontas de prova E-Z-Hook XKM Micro-Hook que é fácil e seguro.
– Proteção de ESD e sobre voltagem.
– 1 ano de garantia.

– Software intuitivo, você pode mover para esquerda e direita, clica e arrasta e zoom.
– Dados importantes como período, frequência, ciclo são todos calculados automaticamente, e você pode escolher entre mostrar todos ou somente os mais relevantes.
– Temporizadores, quando comparado com outros analisadores, é aqui que o Logic é o melhor, nada supera o modo como os tempos entre cada subida e descida acontece, basta passar o mouse por cima para ver os tempos.
– Possui um trigger de 4 camadas que o software só vai começar a gravar quando todos os triggers tiverem ocorrido.
– Você pode salvar cada sessão, dados, configurações e etc em um arquivo comprimido, e pode enviar a um colega por email.
– O Logic permite que você exporte os dados em uma grande variedade de formatos.
– Você pode tirar imagens de todo o conteúdo, salvar em disco ou no clipboard facilmente, sem ter outras ferramentas.

– Analisador de protocolo serial, com opção de auto-baud, mostra os bytes em Hex, Octal, Ascii ou decimal automaticamente.
– Analisador de protocolo SPI, esse protocolo utiliza vários fios, e várias temporizações, e é muito difícil de achar um problema simples sem um analisador lógico, basta ligar o Logic em todos os fios de comunicação, escolher o modo SPI, e você vai conseguir ver todos os bytes em Hex, Octal, Ascii ou decimal, além de poder verificar todos os pinos requeridos como o CPOL.
– Analisador de protocolo I2C, se você pensa em hackear o wiimote, trabalhar com relógios i2c e etc, com o analisador de protocolo I2C você vai conseguir ver a lógica da comunicação I2C, e ver os bytes em Hex, Octal, Ascii ou decimal automaticamente.
– Analisador de protocolo 1-wire, vastamente utilizado por CIs para diversas aplicações, o analisador também é capaz de mostrar os bytes em Hex, Octal, Ascii ou decimal automaticamente.
– Atualmente só funciona com o Windows, mas já está sendo liberada uma versão para Mac OS.

Bom, agora que já passei tudo que esse analisador faz, fiz um vídeo de unboxing (tirando da caixa), e a partir de agora, vou fazer uma série de vídeos de como utilizar esse analisador para facilitar a vida de quem desenvolve circuitos digitais.

Abraço a todos!

Antonio Santos

RC – Tony OSD – Primeiro Test Drive em solo

8 de agosto de 2010

Olá pessoal!

tentei fazer um vídeo do primeiro teste do Arduino + GPS + MAX7456, vulgo Tony OSD, mas infelizmente o software que tentei usar para gravar não conseguiu gravar muito bem o percurso, ficou quadro a quadro, mas vou postar umas fotos para vocês acompanharem o desenvolvimento.

O projeto já está chegando ao fim, faltando apenas alguns detalhes, já estou preparando a documentação para lançar o código fonte ao público, assim quem quiser vai montar os seus próprios e também criarem mais funções e customizarem. Pretendo usar uma licença GPL, onde as pessoas devem postar quaisquer derivativos relacionados ao meu hardware e software, assim todos poderão usufruir de possíveis melhorias. Caso alguém tenha uma ideia melhor, por favor me mande uma mensagem.

Sistema Inicializando:

O sistema espera pela conexão com pelo menos 7 satélites antes de inicializar e gravar a posição de home.

Sistema em funcionamento:

Na primeira linha no topo da esquerda para a direita : Altitude em relação ao home, Distância até o home e quantidade satélites conectados.

Na Segunda linha no topo da esquerda para a direita : Velocidade em Km/h e mais ao centro, a seta que indica como voltar ao home.

Nas linhas embaixo, estão os medidores de bateria, latitude e longitude.

Como vocês podem ver, as baterias ainda não estão mostrando nada, porque ainda não terminei de colocar os divisores de tensão no hardware, mas as funções já estão implementadas no software.

Abraço!

Antonio Santos

RC – Arduino Integrado com GPS ME-1000RW.

11 de julho de 2010

Olá pessoal!

continuando os posts sobre o OSD. Hoje me deparei com um problema bem grande. Comprei o módulo do GPS no Brasil mesmo e nem me atentei aos detalhes… ficou parado aqui um tempo e hoje resolvi colocar no lugar. Quando coloquei o GPS para comunicar com arduino, descobri que o módulo que eu comprei o ME-1000RW usa uma porta serial LVTTL que funciona a 3.3V e o Arduino só entende sinais de 5v.

Após pesquisar na internet, achei a solução óbvia, colocar um MAX232 que estabiliza o sinal e fica tudo bem… mas o problema é que o MAX232 é grande e usa 4 capacitores para funcionar. E por ser final de semana, e as lojas de eletrônica estarem fechadas, resolvi inventar um jeito novo, pra variar, DIY na veia…

Idéia vai, Idéia vem, várias tentativas frustradas… Testei o GPS direto no computador via serial e funcionou… resolvi pesquisar no goggle, vai que alguém já não teve esse problema né?

Achei um relatório de um grupo da UFSC nada animador…. vou colocar o link para vocês não acharem que é mentira…

http://www.lisha.ufsc.br/teaching/mpl/ine5349-2009-1/work/g3/relatorio.html

Não nos demos conta de que a porta serial do Atmega128 e do ME-1000RW não eram compativeis, ficamos tentando fazer a comunicação serial funcionar, o que seria impossível por causa da diferença existente no hardware.” Grupo 3 da UFSC

Depois de um depoimento desanimador desses, pensei, então vou resolver o problema da compatibilidade do hardware, afinal de contas, hardware é mais simples que software, sempre foi!

Fiz um circuito de pull up de tensão com um transistor NPN BC548, testei fora do circuito, e me pareceu promissor… o princípio é o mesmo da figura abaixo:

Depois de várias tentativas, achei melhor fazer a bagunça no protoboard e se não desse certo, era mais fácil arrumar. Ficou assim:

Coloquei o código de teste, e mandei ver no monitor da porta serial….

$GPGGA,120038.000,0000.0000,N,00000.0000,E,0,00,0.0,0.0,M,0.0,M,,0000*65
$GPGSA,A,1,,,,,,,,,,,,,0.0,0.0,0.0*30
$GPRMC,120038.000,V,0000.0000,N,00000.0000,E,000.0,000.0,280606,,,N*74
$GPVTG,000.0,T,,M,000.0,N,000.0,K,N*02
$GPGGA,120039.000,0000.0000,N,00000.0000,E,0,00,0.0,0.0,M,0.0,M,,0000*64
$GPGSA,A,1,,,,,,,,,,,,,0.0,0.0,0.0*30
$GPRMC,120039.000,V,0000.0000,N,00000.0000,E,000.0,000.0,280606,,,N*75
$GPVTG,000.0,T,,M,000.0,N,000.0,K,N*02
$GPGGA,120040.000,0000.0000,N,00000.0000,E,0,00,0.0,0.0,M,0.0,M,,0000*6A
$GPGSA,A,1,,,,,,,,,,,,,0.0,0.0,0.0*30
$GPRMC,120040.000,V,0000.0000,N,00000.0000,E,000.0,000.0,280606,,,N*7B
$GPVTG,000.0,T,,M,000.0,N,000.0,K,N*02
$GPGGA,120041.000,0000.0000,N,00000.0000,E,0,00,0.0,0.0,M,0.0,M,,0000*6B
$GPGSA,A,1,,,,,,,,,,,,,0.0,0.0,0.0*30
$GPRMC,120041.000,V,0000.0000,N,00000.0000,E,000.0,000.0,280606,,,N*7A
$GPVTG,000.0,T,,M,000.0,N,000.0,K,N*02
$GPGGA,120042.000,0000.0000,N,00000.0000,E,0,00,0.0,0.0,M,0.0,M,,0000*68
$GPGSA,A,1,,,,,,,,,,,,,0.0,0.0,0.0*30
$GPRMC,120042.000,V,0000.0000,N,00000.0000,E,000.0,000.0,280606,,,N*79
$GPVTG,000.0,T,,M,000.0,N,000.0,K,N*02

EUREKA! Consegui resolver o problema usando 3 componentes relativamente pequenos e leves! E pela primeira vez recebi os caracteres de forma decente… antes disso era só lixo…

Não sei quantos Nerds por aí podem estar com o mesmo problema, mas resolvi postar, vai que ajuda alguém.

Abraços,

Antonio Santos

RC – Homemade OSD for FPV

9 de julho de 2010

Olá pessoal,

mudando um pouco o assunto do blog… estou trabalhando em um protótipo de um OSD (on screen display) para mostrar dados como velocidade, altitude e navegação em tempo real para um avião de controle remoto… a idéia é pilotar por vídeo… se alguém tiver interesse, basta procurar por FPV no google, tem muitos videos disso…

O protótipo já está operacional, estou terminado de integrar o GPS com comandos NMEA…

Essa é a tela de mock up que ele está mostrando, só para testes:

Ainda estou achando o protótipo meio grande, mas pelo menos o peso está dentro do esperado, e cabe dentro do avião.

O sistema é baseado em arduino e eu criei todas as bibliotecas que foram utilizadas até agora.

Considerando que um sistema desses custa em torno de 400 dolares com o sensor de GPS, e o meu vai sair por menos de 250 reais… acho que estou no lucro.

Postarei mais informações assim que estiver pronto…

Antonio Santos