Posts Tagged ‘Makerbot’

Troublemaker 3d Printer – Some Considerations

29 de abril de 2015

Boa Tarde!

Hoje pretendo falar sobre plásticos, pinhões de tração e falta de paciência. Muitos leitores do meu blog leem exatamente para acompanhar esse processo de levar um monte de pecinhas a virarem uma máquina completa e funcional, mas muitos não tem a paciência que é necessária para tal processo. Diferentemente de comprar um kit completo que o fabricante já te manda todas as peças, o software e a configuração, estou fazendo muitas coisas que não estão bem explicadas em lugar algum, e muitas estou tendo que inventar no meio do caminho e no fim das contas isso é que é prazeroso para muitos.

Consegui terminar a parte mecânica e eletrônica da minha nova máquina, incluindo algumas features que não havia previsto inicialmente, por exemplo, depois da impressão terminar a máquina resfria os bicos e se desliga sozinha ( desliga mesmo, nada fica ligado ), caso alguém queira pesquisar, isso se chama ˜marlin suicide pin˜, posso explicar o passo a passo num futuro post.

Troublemaker 3D Printer - Finished

Troublemaker 3D Printer – Finished

Na foto acima, a máquina já está fechada com plexiglass, o que segura as portas são pequenos imãs, ficou bem prático esse esquema.

Motor e pinhões.

Motor e pinhões.

Um dos maiores problemas que tive até agora foi nessa parte de extrusão, primeiro achei que pudesse ser minha falta de experiência com sistemas bowden, depois achei que fosse o motor, depois achei fosse os pinhões de tração ( comprei todos que existiam no mercado MK7, MK8….) até que finalmente descobri que o problema que estava tendo estava diretamente relacionado ao plástico que eu comprei para calibrar a máquina.

Por falta de tempo, e paciência, acabei pesquisando um fornecedor aqui mesmo no brasil e comprei alguns rolos de ABS, já na descrição o próprio fornecedor já fala as propriedades do ABS, bem como o erro da máquina deles (+/- 0.10mm, costumo usar +/- 0.02mm ou +/- 0.05mm), e depois de muito lutar com essa máquina, me surgiu a idéia de usar ABS importado que tinha um resto, e a máquina funcionou 100%. Depois disso passei para o PLA importado, e tudo continua perfeito.

Piloto em ABS

Piloto em ABS

Se sua máquina não está tendo a resolução que você espera, experimente comprar um plástico de boa qualidade e procedência que o resultado poderá ser surpreendente.

Impressões em PLA

Impressões em PLA

Agora estou imprimindo um monte de peças que estavam na fila de impressão e logo em seguida pretendo dar continuidade na troublemaker e imprimir com os dois bicos.

Abração!

Antonio Santos

Anúncios

Troublemaker 3D Printer – Heated Bed

21 de fevereiro de 2015

Boa Tarde,

me desculpem por ter demorado tanto para postar, mas a minha filha nasceu dia 12/01, 4 semanas antes do esperado, agora vou tentar retomar meus projetos.

Dando continuidade a montagem da troublemaker/ultimaker, fiz a fiação colocando o SSR DC-DC.

SSR DC-DC Instalado

SSR DC-DC Instalado

Ainda não sei se ele vai esquentar muito, dependendo dos testes iniciais, devo ter que colocar ele de lado para dissipar melhor o calor. Depois disso foi colocado a mesa aquecida e vidro com 4 fixadores laterais.

Mesa aquecida com Vidro

Mesa aquecida com Vidro

E como estava com um tempo sobrando e querendo fazer uma máquina bonita, acabei não resistindo e fiz um Cable Chain para esconder os cabos da mesa aquecida.

Cable Chain Troublemaker/Ultimaker

Cable Chain Troublemaker/Ultimaker

O cable chain acima já existe no thingiverse, só tive que fazer um espelho de duas peças e redimensionar outra, acabei achando que valeu a pena o resultado final. Postarei vídeos do funcionamento em futuros posts.

Abração,

Antonio Santos

Impressora 3D é muito útil em casa

20 de dezembro de 2014

Olá!

Gosto de mostrar de tempos em tempos, como ter uma impressora 3D em casa pode ser útil. Vou mostrar mais uma situação do cotidiano(dentre milhares existentes) onde ter uma impressora 3D pode te poupar um bom dinheiro e tempo. E também te dar um bom argumento para pedir uma impressora 3D para o Papai Noel, Esposa e etc.

Ok, vamos supor que você tenha comprado uma mesa fitt da tramontina e colocado na sua área de churrasqueira, e alguém arraste ela e acabe quebrando o frágil suporte plástico ( MADE IN ITALY ) que vem embaixo dela. Daí você entra em contato com a tramontina, espera um tempão e a mesa fica parada esperando a pecinha de reposição que nunca chega, ou você pega um cad de sua preferência e desenha a peça em 5min e imprime.

Mesa Fitt Tramontina - sem reparo

Mesa Fitt Tramontina – sem reparo

Peguei uma peça que ainda não havia quebrado, e um paquímetro, e desenhei tudo de acordo com as medidas, tinham alguns detalhes na peça original, que não tinham muita função e acabei nem copiando, outra coisa, é que na peça original tinha uma arruela de metal, mas é porque o plástico que usaram era muito frágil, isso não é necessário, caso vá fazer uma peça nova em ABS/PLA.

Comparativo de Peças I

Comparativo de Peças I

Quando for fazer uma peça de reposição como essa, não precisa gastar muito tempo em detalhes como escritas e etc.

Comparativo de Peças II

Comparativo de Peças II

Esses buracos na peça original, não tinham funcionalidade nenhuma, pelo contrário, eles tiravam a resistência da mesma.

Comparativo de Peças III

Comparativo de Peças III

O importante é manter as proporções mecânicas, essas peças tem que ser funcionais. Essa impressão foi feita utilizando minha Makerbot de 2010, portanto não se atentem aos detalhes de impressão, ela é bem antiga.

Mesa Fitt Tramontina - com reparo

Mesa Fitt Tramontina – com reparo

Problema resolvido, a mesa ficou muito mais firme que antes, e agora você tem uma boa desculpa pra comprar uma impressora 3D 🙂

Abração!

Antonio Santos

Troublemaker 3D Printer – Continuação da Montagem Mecânica

2 de dezembro de 2014

Boa noite!

dando continuidade a montagem da impressora Troublemaker 3D Printer. O pessoal da Planet CNC me mandou as peças em ABS, mas a cor das peças (Vermelho) não ficou muito legal com a máquina preta e branca, então conversei com um amigo ( Obrigado Luciano ! ) e ele me convenceu a imprimir todas peças em ABS preto para combinar com o esquema de cores.

Peça Vermelha e peça preta

Peça Vermelha e peça preta

Após Imprimir o plate de peças na Prusa I3 de acrílico, chequei a furação passando uma broca de 3mm em cada um dos buracos de cada peça.

Checando a furação

Checando a furação

Coloquei Portas em todos os buracos, entraram na pressão sem stress.

Porcas M3 colocadas no lugar

Porcas M3 colocadas no lugar

Agora é só colocar as buchas e encaixar nos eixos.

Peças Prontas

Peças Prontas

Aqui desviei um pouco do kit, pois eles mandaram 2,5m de correias abertas e por um acaso eu tinha 4 correias GT2 de 610 dentes sobrando, então coloquei elas mesmo e testei o parafuso tensionador e funciona perfeitamente. Mas as as correias do Kit funcionariam perfeitamente, só quis utilizar as que tinha aqui, porque os 2.5m de correias abertas podem ser úteis em outro projeto no futuro.

Correia GT2 Fechada

Correia GT2 Fechada

Seguindo o manual passo a passo, cheguei nesse ponto da montagem, sem dificuldades e sem surpresas.

Polias, Motores, Carros e Eixos

Polias, Motores, Carros e Eixos

Mais uma vez o pessoal da Planet CNC me surpreendeu, prestem atenção na foto do detalhe abaixo, o eixo do Z está cortado na medida exata, nem meio milímetro fora.

Detalhe do Corte dos Eixos

Detalhe do Corte dos Eixos

Coloquei então os 3 motores no lugar, também não houve dificuldades aqui.

Motores no lugar

Motores no lugar

Daí parti para colocação da mesa, que também foi sussegado, o único detalhe aqui é que tem que passar um pouco de graxa no eixo acme e não estava escrito no manual.

Mesa no lugar

Mesa no lugar

Fiquem ligados, No próximo post devo finalizar os ajustes e montagem mecânica e já partiremos para montagem da eletrônica.

Abração!

Antonio Santos

OpenPilot CC3D no Brasil + Case Impresso na Makerbot

17 de julho de 2012

Olá Pessoal,

desculpem por não estar postando com frequencia, mas meu trabalho está consumindo todo meu tempo. Tenho uma novidade para os leitores que se interessam por quadricopteros e também fiz uma impressão de um acessório para a nova placa controladora de vôo que vou apresentar hoje.

Essa semana chegou uma placa que a muito tempo eu esperava a Openpilot CC3D, que é legal por seu baixo custo além de proporcionar um vôo bastante estável para FPV, essa placa minuscula serve não somente para multirotores, mas também faz flybarless para helicopteros e estabiliza aviões tb.

Image

O que impressiona nessa placa é o tamanho e o preço, cerca de 90 dolares fora do Brasil, provavelmente a placa mais barata do mercado, mas ainda é muito dificil conseguir comprar, porque a demanda é maior que a capacidade de produção.

Para voar com mais tranquilidade resolvi imprimir um case para minha plaquinha, o design é open e pode ser encontrado no wiki da openpilot, www.openpilot.org.

Image

Na imagem acima estão as duas partes do case, sendo que a parte inferior ja tem a porcas de 3mm. Tive que lixar e dar acabamento a mão porque esse case precisa ser bem preciso pra tudo conectar e também para encaixa-lo a base que vai segura-lo no quad.

ImageNa foto acima é possível ver a parte interna do case.

Image

A foto acima mostra a placa devidamente encaixada a parte superior do case, a placa está nivelada com a borda do case.

Image

A foto acima mostra a parte inferior do case.

Image

E por ultimo uma foto do teste dos encaixes.

Bom, por hoje é só isso, espero retornar com os vôos da plaquinha em breve.

Para quem ainda não deu subscribe no meu canal do youtube -> http://www.youtube.com/user/AntonioSantosDIY/videos

Tenho postado com mais frequencia no youtube, portanto fiquem atentos ao meu canal.

Abração,

Antonio Santos

Makerbot – Qualidade Impressionante

24 de novembro de 2011

Olá Pessoal,

tenho feito alguns testes de qualidade com a minha makerbot, depois da troca da Eletrônica… fiz uma pesquisa sobre a Ultimaker e vi a qualidade impressionante que o pessoal tem conseguido, e vi que a eletrônica é a mesma (stepper drivers da Pololu), portanto resolvi tentar imprimir algumas coisas em super resolução e TENTAR(digo, tentar porque é muito difícil) tirar fotos comparativas para o Blog.

Seguem algumas fotos e suas devidas explicações….

A foto Macro acima mostra duas peças impressas, uma em 0,09mm de altura de camada (lado esquerdo) e outra com 0,29mm de altura de camada(lado direito). As barras pretas são marcadores de mm de uma régua trident. Marquei de vermelho os pontos onde podem ser percebidas as camadas de impressão….

(Click na foto para dar zoom!)

Nessa foto acima, impressa com uma camada de 0,29mm é possivel ver aproximadamente 3 camadas dentro de cada mm. Clicando na foto é possivel dar um pouco mais de zoom (para os incrédulos rsrsrs).

(Click na foto para dar zoom!)

A foto acima mostra a impressão da mesma peça com 0,09mm. as estrias de cada camada são praticamente invisíveis a olho nu. Peço perdão, mas como falei acima, é bem dificil tirar essas fotos, acabei colocando o dedo na régua, e é possível ver uma parte de minha digital que atrapalhou um pouco a foto 😉

Bom, vamos a parte interessante do post…. o YODA!

Se alguem quiser baixar o modelo do yoda ele tem 147Mb e pode ser baixado no thingiverse:

http://www.thingiverse.com/thing:10650

Segue a primeira foto:

Yoda sendo impresso na minha máquina…  Levou cerca de 1 hora e 20 min para imprimir, e ele é totalmente oco por dentro, pra economizar tempo e plástico.

Pra ter uma ideia de proporção…. segurei ele na mão…

Não fiz nenhum tipo de limpeza nele, saiu como está acima…

Ainda tem um pouquinho de Ooze a ser trabalhado, mas nada preocupante.

Podem clicar nas fotos e dar zoom, o yoda foi impresso com uma camada de aproximadamente 0,1 mm de altura, ainda tem onde melhorar a máquina (sempre tem hehehe), mas o upgrade dos steppers foi um ótimo investimento… agora preciso gastar um pouco de tempo no skeinforge para melhorar um pouco o ooze que já é quase zero.

Abraço a todos e até o próximo post,

Antonio Santos

Makerbot – Comparativo de Barulho – Gen 3 vs Pololu Electronics

11 de novembro de 2011

Olá pessoal,

Segue vídeo do Antes e Depois da Eletrônica nova na makerbot. Como a maioria já deve ter percebido, me preocupo muito em ter uma máquina silenciosa, principalmente pelo fato de somente poder imprimir a noite e morar em prédio. Já tinha visto muita gente falar que o barulho da Makerbot iria mudar bastante, mas resolvi fazer um video disso, acho que o primeiro da internet.

O video foi feito da impressão do mesmo objeto e na mesma camada, lembrando que somente a eletrônica foi trocada, nenhum outro ajuste foi feito.

Meu próximo post será sobre outro benefício (e talvez o maior deles!) da troca da eletrônica que é o aumento da resolução….

aguardem….

Abraços,

Antonio Santos

Makerbot – Trocando os drivers originais por Pololu – John Yang 4 Axis Controller

24 de outubro de 2011

Olá pessoal,

me desculpem por não estar postando, e também por não estar respondendo as perguntas, mas há periodos na vida onde os hobbies são deixados de lado por algum tempo, e estou exatamente em um desses períodos, que espero que acabe logo.

Vamos ao post de hoje, a muito tempo queria trocar os drivers originais da makerbot por drivers da pololu, muita gente já fez isso com todas as versões de hardware já lançadas pela makerbot, e todos dizem a mesma coisa, microstepping de 1/16 deixa a máquina mais precisa e silenciosa, alguns dizem que a Makerbot vira a Ninja Bot, porque fica super silenciosa. Já uso um pololu na Extruder a muito tempo, e os drivers são bem superiores aos originais, porém muitos devem estar se perguntando porque a makerbot não migra para esses drivers, e a resposta é bem simples, o custo desses drivers é muito superior aos drivers originais da makerbot.

A muito tentava entrar em contato com o John Yang, um americano que criou um pcb para essa conversão, mas por algum problema no servidor de email dele. Bom, depois de quase 6 meses tentando, consegui comprar um kit dele, e tenho duas notícias uma boa e outra ruim, devido a falta de fluxo das placas, ele vai parar de produzir os kits, eu comprei a ultima placa, a notícia boa é que opensource, e alguém tiver vontade de fazer ou modificar, seguem links abaixo. Vale a pena ressaltar que essa placa é compatível com todas as versões de hardware da makerbot, o que mudou foi somente o conector.

http://www.johnyang.com/p4ac

http://www.thingiverse.com/thing:4861

Vamos a montagem:

Todos componentes acima vem no kit, inclusive o cabo compatível com as duas versões de hardware da makerbot.

O cabo seria a parte mais complicada de fazer, mas o John já manda pronto e identificado.

Acima está uma foto de perto da placa do John, muito bem feita a placa com silk e tudo.


Acima está a placa pronta pra soldar, quanto mais acessórios pra soldar, mais fácil fica o trabalho.

Demorei um tempinho pra soldar porque são muitos pontos de solda.

Vista inferior da Placa soldada.

E por fim a placa pronta, somente aguardando os pololus que devem chegar daqui umas 2 semanas.

Assim que tiver com tudo instalado faço um vídeo do antes e o depois e faço um post aqui. Esse não é um upgrade barato, mas todos que fizeram falam a mesma coisa, que a máquina ficou beeeeem melhor!

Abraço a todos,

Antonio Santos

Divulgação do LaDPRER

24 de março de 2011

Pessoal,

o professor Alvares da UNB possui um laboratório de prototipagem, com algumas impressoras, entre elas duas makerbots. (Quem sabe um dia ainda não faço um mestrado com ele nessa área).

No site do  LaDPRER: Laboratorio de Desenvolvimento de Produto: Prototipagem Rapida e Engenharia Reversa existem câmeras online….

http://ladprer.alvarestech.com/

O professor acha que a visibilidade ao Lab irá permitir que a comunidade Makerbot/RepRap no Brasil fique mais próxima. E espero que isso aconteça mesmo…

Abração!

Antonio Santos

Makebot – Imprimindo com PLA na plataforma de vidro

13 de março de 2011

Olá,

estive tendo uns problemas com a HBP + Kapton para uso do PLA, e descobri algumas coisas que acho legal compartilhar aqui…. A temperatura da HBP, ao contrário do ABS, com PLA, quanto menos melhor. E vidro é uma coisa indispensável também, quando o vidro é aquecido a 60 Graus, o PLA gruda muito bem, e não emborca nada.

Vou colocar umas fotos aqui para todos verem os resultados que tive até agora….

 

Primeiro um cubo com buracos, nessas janelas a impressora imprimiu no ar… e ficou perfeito. Essas impressões no ar são chamadas Bridges(pontes.)

 

Para conseguir imprimir bridges, tive que regular a quantidade de plástico e a velocidade de impressão, imprimi cerca de 5 cubos desses.

Coloquei um pedaço de 10cmx10cm de vidro em cima da plataforma aquecida, na foto acima, é possível ver claramente o vidro.

A peça acima foi retirada da máquina como está na foto, nenhum tipo de acabamento aplicado.

Essas peças ainda estão presas na plataforma de vidro, que eu coloquei, quase caindo da makerbot, pra mostrar que as peças ainda estão presas. E como ainda está quente e no lugar, nenhum tipo de acabamento foi dado as peças.

 

Abraços a todos,

 

Antonio Santos